Notícias

LOTAÇOR REGISTA DESCARGAS ELEVADAS DURANTE FIM DE SEMANA NO GRUPO ORIENTAL

A Lotaçor registou descargas anormalmente elevadas em S. Miguel durante o fim de semana prolongado de 15 a 19 de maio. Em Santa Maria também foram descarregadas grandes quantidades de tunídeos.

A lota de Ponta Delgada teve um movimento anormal no dia 19 de maio, resultante das elevadas descargas registadas no fim de semana prolongado coincidente com o Feriado Municipal de Ponta Delgada. Foram descarregadas durante o sábado, domingo e feriado cerca de 53 toneladas de tunídeos e 39 toneladas de pescado das restantes espécies, com um valor total de 258.399,75 euros e um preço médio de 2,81€/kg

As vendas de tunídeos em lota atingiram as 16 toneladas, com um valor de 28.000 euros e um preço médio de 1,75€/kg. Já as restantes espécies totalizaram 39 toneladas, com um valor de   156.000 euros e um preço médio de 4,02 €/kg.

Foram vendidas em regime de contrato de abastecimento direto 37 toneladas de tunídeos, num total de 74.000 euros e 1,99 €/kg em média.

A lota de Ponta Delgada teve uma duração de 14 horas, tendo iniciado às 5h30 da madrugada.

Num ambiente de trabalho intenso, estiveram presentes mais de 90 compradores, tendo sido transacionada uma grande variedade de espécies de pescado (68), desde a mais vendida que teve maior volume, que foi o Atum-Patudo, até à que teve menor quantidade em lota, que foi o Areeiro, naquela que é a maior lota dos Açores.

Na ilha de Santa Maria, no mesmo período, registaram-se descargas de 72 toneladas de tunídeos com um valor total de 161.000 euros e um preço médio de 2,22 €/kg. O regime de contrato de abastecimento foi o que prevaleceu naquela ilha, com vendas de 70 toneladas, num valor de 159.000 euros e um preço médio de 2,24 €/kg. A venda em lota em regime de leilão eletrónico foi de apenas 1.800 kg, que renderam 2.212 euros a um preço médio de 1,23 €/kg.

20 de maio por Lotaçor